Embora a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 tenha se encerrado no estado, os municípios goianos que ainda dispõem de vacinas em estoque e que não atingiram a meta para alguns grupos prioritários – como gestantes e crianças de seis meses a menores de cinco anos – vão continuar vacinando até o dia 22 de junho, data estabelecida pelo Ministério da Saúde.

Em Anápolis, apenas o grupo das gestantes, com 87,64%, ficou abaixo do índice preconizado, mas, ainda assim, a imunização continua até a próxima sexta-feira, 22. O coordenador de Vigilância em Saúde, Júlio César Espíndola, afirma que Anápolis além de alcançara meta estipulada pelo Ministério, que é 90%, superou os índices nacionais. “Não há motivo de preocupação para os anapolinos”, garante.

Dos grupos prioritários, o das crianças chegou a 90,19%; trabalhadores da saúde, 121,66%, puérperas, 115,50%; idosos, 120,35%, e gestastes, 87,64%. Confira, abaixo, os locais onde estão disponíveis a vacina contra H1N1.

Fonte: Ascom – Prefeitura de Anápolis