Um decreto publicado pela Prefeitura de Pirenópolis, na última sexta-feira (31) determina a volta do turismo na região e a reabertura de pousadas, casas de aluguel, campings albergues, agências de viagens e atrativos a partir do dia 14 de agosto. Entretanto, conforme a determinação, os estabelecimentos não poderão funcionar com sua capacidade normal.

De acordo com o decreto de nº 3.485/20, para poderem reabrir, os meios de hospedagem deverão utilizar “até o máximo de ocupação diária de 65% das Unidades Hoteleiras (UHs) e dos leitos em disponibilidade”. As demais atividades deverão utilizar 50% como capacidade máxima de carga.

O distanciamento físico de 2m fica mantido, assim como o treinamento de funcionários e colaboradores para que sigam as normas de segurança.

A prefeitura informou, ainda no decreto, que os estabelecimentos receberão um prazo para o sanamento das irregularidades e realização das adequações e, assim, receberem o atestado de conformidade.

Fonte: Jornal Opção