Em tempo de isolamento social, a internet e a TV a cabo são alternativas de entretenimento para população. Por isso, a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon Anápolis) preparou uma pesquisa de preço com as 14  principais empresas fornecedoras de serviços de internet  (banda larga, fibra óptica e via rádio) e TV a cabo no município.  Clique aqui e confira!

O levantamento aponta que as empresas que oferecem pacotes com provedores de fibra óptica com velocidade entre (15MB e 500MB), o plano mensal é entre R$ 75,00 a R$ 309,90. Com relação à internet tipo banda larga, apenas duas empresas oferecem o serviço com o preço de até R$ 189,98. Já a internet via rádio com capacidade entre (01MB até 150MB) o plano mensal oscila entre R$ 49,00 a R$ 109,90.

Algumas empresas oferecem o serviço de instalação da internet sem custo adicional. Outras já cobram uma taxa de instalação e o preço pode chegar até R$ 349,90. Apenas um estabelecimento cobra pela instalação de acordo com a quantidade de megabytes adquiridos. Os pacotes também oferecem o prazo de fidelização por 12 meses.

O Procon Anápolis também pesquisou o preço das assinaturas para TV a cabo com até 200 canais, incluindo HD. Duas empresas oferecem o combo (internet, telefone fixo e TV) pelo preço de até R$ 209,90. As demais não possuem combo e o valor da assinatura é de até R$ 125,00.  Todas as empresas oferecem instalação gratuita.

Orientação
Para o secretário da pasta, Robson Torres, as pesquisas de preços elaboradas pelo Procon Anápolis devem ser utilizadas como base de informação antes de ir às compras.  “No caso de planos da internet, deixamos nas entrelinhas uma orientação para que o consumidor busque se informar sobre os tipos possíveis e procure adquirir exatamente o que procura como, por exemplo, upload e download, taxa de transmissão (bit rate), frequência de sinal (2.4 Ghz ou 5 Ghz )”, acrescentou Torres.

É preciso também ficar atento ao que está comprando para evitar futuros arrependimentos. No caso de planos para internet, o secretário explicou que, “sabemos que o número de usuários momentâneos influência na qualidade do sinal, além do que a opção por combos costuma também ser vantajosa englobando plano de internet, celular e até TV a cabo com telefone fixo residencial disponível”.

Robson Torres ainda acrescentou que, “segundo várias reclamações de usuários, muitas operadoras oferecem um serviço e entregam outro bem diferente, e o Procon já está monitorando essa questão, buscando proteger toda a população anapolina”.

Fonte: Ascom – Prefeitura de Anápolis