O rapaz que ficou popular depois de ter a frase “eu sou ladrão e vacilão” tatuada na testa por dois homens em julho de 2017 foi preso novamente nesta quinta (14) suspeito de ter furtado um celular e um agasalho em uma unidade de saúde novamente em São Bernardo do Campo.

Na noite de hoje ainda ele passará por audiência de custódia. No boletim registrado na delegacia junto com o nome do rapaz estava escrito “vulgo ladrão e vacilão”

Outros crimes
Em 2017 o rapaz tentou furtar uma bicicleta em São Bernardo do Campo quando dois rapazes o flagraram e como punição tatuaram a frase “sou ladrão e vacilão” na testa dele. A dupla filmou tudo e divulgou no whatsapp.

Em março de 2018 o mesmo rapaz foi preso por furto de desodorantes de um mercado. Ele pagou mil reais de fiança e foi solto.