O Governo Federal já distribuiu aos Estados brasileiros e Distrito Federal quase 3 milhões de comprimidos de cloroquina. Do total, aproximadamente 33% foram destinados ao Estado de São Paulo que, por sua vez, concentra o maior número de casos confirmados da Covid-19 no Brasil. Já o estado de Goiás recebeu 14 mil comprimidos do medicamento.

O Governo Federal disse repassar o medicamento conforme as necessidades de cada um dos Estados. Em Goiás, por exemplo, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) garantiu que o manejo farmacológico para pacientes com a Covid-19 segue critérios baseados “nas melhores evidências científicas e recomendações do Ministério da Sáude”.

Em nota, a SES-GO diz que acompanha estudos científicos relacionados ao medicamento e que, independente da autorização do uso em casos leves da doença, não há evidência científico sobre o benefício do tratamento.

“Independente disso, a SES-GO tem acompanhado regularmente na literatura mundial todos os estudos relacionados ao assunto e não há evidência científica conclusiva sobre o benefício desse tratamento”, diz o comunicado.

Fonte: Jornal Opção