Mark Zuckerberg anunciou nesta terça-feira (16) que o Facebook vai permitir que seus usuários desativem a exibição de anúncios políticos. “Para aqueles que já se decidiram e querem apenas que a eleição termine, nós ouvimos você – entãQuando a mudança for feita, os usuários vão poder desativar anúncios relacionados à questões políticas, eleitorais e sociais de candidatos políticos, e “outras organizações que têm o aviso de pagamento político sobre eles”. Nas próximas semanas, todos os usuários dos Estados Unidos receberão o recurso, enquanto os demais países devem contar com a novidade apenas no fim do ano.

Assim que a ferramenta estiver disponível, o usuário que vir um anúncio do tipo terá a opção de “desativar todos os futuros anúncios políticos”. O bloqueio também poderá ser feito diretamente nas configurações do Facebook e do Instagram. Será possível, ainda, fazer a denúncia quando um anúncio aparecer, mesmo após a desativação.

A decisão foi tomada após a rede social ser duramente criticada por meses, por sua política de anúncios políticos que disseminavam informações falsas. Até mesmo o candidato democrata Joe Biden criticou o fato. Já o Twitter, por outro lado, proibiu anúncios políticos em outubro de 2019.