Citando como referência o Arraiá de Itumbiara, cidade também governada pelo PTB, o prefeito Roberto Naves anunciou que a Prefeitura de Anápolis vai realizar o “I Arraiana” na semana do aniversário de Anápolis. Segundo o prefeito, o evento custará R$ 1,3 milhão para trazer shows artísticos e bancar toda a estrutura dos cinco dias de atração, entre 27 e 31 de julho, no estádio Jonas Duarte.

A notícia da realização do evento surgiu com a publicação Diário Oficial desta terça-feira (5) de contratos inexigíveis de licitação dos shows que foram contratados até o momento: Bruno e Marrone (R$ 250 mil), João Bosco e Vinicius (R$ 120 mil), Padre Fábio de Melo (R$ 166,6 mil) e Aline Barros (85 mil). Ainda haverá um último show, do cantor Leonardo, mas que ainda não foi contratado por questão documental.

Quem passou os detalhes do evento foi o prefeito Roberto Naves. Diante as críticas tecidas na sessão da Câmara nesta quarta-feira (6) por conta dos gastos já anunciados, o prefeito classificou como investimento para a cidade a realização do I Arraiana. “Serão gastos 1,3 milhão, mas outros R$ 2,4 milhões retornarão como benefício a instituições filantrópicas ligadas à igreja, entre outras”, citou.

Naves acredita que esse valor virá do que for comercializado durante os dias de evento, a exemplo de comidas e bebidas, por aqueles que terão direito de fazer esse comércio. Na lista do prefeito, estão igrejas de diferentes congregações e outras entidades organizadas. Além disso, o prefeito acredita na arrecadação de 100 toneladas de alimentos que serão convertidas em entradas para a população.

Naves também acredita no aquecimento da economia local com a realização do I Arraiana, citando a hotelaria e o ramo de restaurantes como exemplo.

Fonte: A Voz de Anápolis