A umidade relativa do ar em Goiânia, desta segunda-feira (13/9), chegou a níveis equiparáveis e até menores que o de desertos famosos ao redor do mundo, como o Saara, na África, e o Atacama, no Chile.

Com apenas 8% de umidade, durante o período entre 14h e 17h, conforme dados do Inmet, a capital registrou nas últimas 24 horas o seu menor índice do ano, até então, e aparece como líder do ranking nacional das menores taxas de umidade.

Cidades no deserto do Saara, como Merzouga, no Marrocos, e Timbuktu, no Mali, registram umidade entre 16% e 20%, nesta terça-feira. Menor que o índice de Goiânia só em Timimoun, na Argélia, com 7%.

No Atacama, famoso não só pelas belezas naturais, mas também pelas condições mínimas de umidade, locais como São Pedro do Atacama e Calama estão com umidade entre 13% e 15%.

Fonte: Metrópoles