Mais uma história de amor teve fim por causa dessa pandemia. Os americanos, Betty e Curtis Tarpley, morreram no último dia 18 de junho, após passarem 53 anos casados. O que chama atenção, é que os apaixonados morreram de mãos dadas. Eles tinham 80 e 79 anos.

A enfermeira que tomou a iniciativa de deixar o casal lado a lado até o último momento, disse que Curtis estava tão fraco que não conseguiu olhar para a esposa, mas conseguiu colocar sua mão nos braços dela, conta a profissional de saúde. Após 20 minutos assim, Betty morreu. E 45 minutos depois, foi a vez de Curtis.

Fonte: CNN