Música, teatro, dança e artes plásticas. Quatro das maiores vertentes culturais ganharam mais 95 profissionais, em Anápolis, com a formatura dos alunos das unidades culturais do município. Bem mais que um certificado, eles buscaram sua verdade, vocação e ideologia. Foram 23 formandos da Escola de Artes Oswaldo Verano, oito da Escola de Dança de Anápolis, 34 da Escola de Música Maestro Antônio Branco e 30 da Escola de Teatro de Anápolis. A noite marcante de sexta-feira, 15, começou com apresentações de cada unidade, no Teatro Municipal.

A Escola de Artes recepcionou os convidados com os trabalhos dos formandos expostos no hall. No palco, a Escola de Teatro de Anápolis abriu a cerimônia com a peça “Todo Nelson será castigado”. A Escola de Dança trouxe a coreografia “Desalento”, um trecho do espetáculo Malévola, que encerrou as atividades da escola em 2017. A Escola de Música veio com a interpretação da música “Amor I Love You”, de Marisa Monte e Carlinhos Brown, com voz, violão, violino, violoncelo e piano.

A solenidade foi acompanhada pelo prefeito Roberto Naves, pela primeira-dama Vivian Naves e pelo secretário municipal de Cultura, Erivelson Borges. Roberto Naves enfatizou a importância daquele momento em que mais 95 artistas se formavam para contribuir com o desenvolvimento desta área na cidade. “Vocês estão iniciando um belo caminho e a nossa proposta é incentivar cada vez mais este setor”, disse. Ao final da cerimônia todos os formandos receberam o certificado de conclusão dos cursos.

Unidades culturais

A Escola de Teatro foi fundada em 1989 e oferece aulas de Teatro para Crianças, Teatro Juvenil, Curso Básico de Teatro e Oficina de Montagem e Preparação de Atores. A Escola de Dança de Anápolis foi criada em 1986 e, atualmente, possui 1.100 alunos matriculados em balé clássico, jazz, dança de salão, dança do ventre e zumba.

Já a Escola de Música Maestro Antônio Branco foi criada em 1982. Oferece cursos de Teoria Musical, História da Música, Música de Câmara, Técnica Vocal, Harmonia e Orquestração. Aulas de instrumentos como violino, viola, cello, contrabaixo, piano clássico e popular, violão clássico e popular, flauta transversal, fagote, oboé, saxofone, clarinete, trombone, trompete e percussão.

Outra atividade são as aulas de Canto e diferentes tipos de Canto Coral (Coro Mirim, Coro Infanto Juvenil e Coro Adulto). Também possui dois coros para vozes selecionadas que são o Coral Sinfônico de Anápolis e Coro Infanto. Atualmente a escola conta com 450 alunos matriculados e efetivos.

A Escola de Artes Oswaldo Verano nasceu com o nome de Escola de Belas Artes de Anápolis em 1968. Oferta à comunidade em geral, uma grade curricular bem expressiva: especialização (pintura); curso livre em desenho; preparatório I e II (para crianças a partir dos 9 anos); curso regular de três anos (Desenho, História da Arte, Pintura, Escultura, Gravura). Atualmente está em caráter experimental a oficina de “Fotografia e sua correlação com a arte”. A unidade atendeu, em 2017, aproximadamente 400 alunos nos períodos matutino, vespertino e noturno.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Anápolis